top of page

FAV PROMOVE RECITAL DA PIANISTA JIN LIANG

A Fundação Altino Ventura (FAV) realizou em suas dependências, nos dias 13 e 14 de abril, uma apresentação musical com a presença da pianista concertista internacional, Jin Liang. A Ação reflete o cuidado da Fundação Altino Ventura em ofertar um atendimento humanizado, deixando a rotina hospitalar mais leve, levando a alegria e os benefícios da música aos pacientes, funcionários e frequentadores. Essa foi uma iniciativa pioneira na cidade. A iniciativa também faz parte da programação alusiva ao “abril para segurança do paciente”, como enfatiza a Gerente da Qualidade e Segurança do Paciente da FAV, Rosselyne Moura, “O mês de abril é destinado a ações de melhorias na assistência. O Ministério da Saúde, comemora 10 anos de aplicação do Plano Nacional de Segurança do Paciente com o tema: compartilhar os avanços para acelerar as mudanças. Aqui na FAV, nos preocupamos em oferecer um ambiente hospitalar mais agradável, reforçando a importância de estimular a participação consciente de pacientes e usuários do sistema de saúde em relação à sua própria segurança, e a relevância de cuidar da sua saúde mental”.


No repertório do recital, a pianista tocou músicas clássicas de compositores como Chopin, Bach, Beethoven, dentre outros. Jin Liang nasceu na China e estudou seu instrumento em Minsk, Belarus. Liang, atualmente mora na Alemanha, começou a estudar piano aos 9 anos na Rússia e possui sua própria escola de música na cidade de Eltville. A pianista apoia projetos beneficentes do CBM, organização que beneficia hoje 25 milhões de pessoas no mundo.



A terapia com música estimula a capacidade interativa e de comunicação, promovendo a socialização e melhora dos aspectos emocionais, físicos, biológicos e culturais. A musicoterapia faz parte do tratamento de crianças e adultos na Fundação. “A FAV através do seu Centro Especializado em Reabilitação - CER IV - Menina dos Olhos, serviço de referência, realiza atendimento médico e terapêutico multidisciplinar para crianças e adultos com deficiências visuais, auditivas, físicas e intelectuais. Dentre as diversas terapias oferecidas neste serviço, destaca-se o Departamento de Musicoterapia, que promove o atendimento psicológico com enfoque sonoro-musical”, destacou o Dr. Heber Coutinho, Diretor-Executivo da Fundação.


Durante a apresentação, pacientes filmaram trechos do evento em seus celulares, e ao final fizeram fila para registrar uma foto com a pianista e os organizadores. A satisfação foi evidente nos comentários. “Eu amei o que foi feito aqui, nos beneficiou e muito, esse foi um grande presente, estou muito emocionada”, expôs a paciente Luciene Severo, moradora do Recife.


Comments


bottom of page