top of page

PRIMEIRAS CIRURGIAS SÃO REALIZADAS NA FAV DE SERRA TALHADA

Espaço que conta com duas salas cirúrgicas, executa operações de alta complexidade



A equipe da Unidade de Serra Talhada comemorou a realização das 40 primeiras cirurgias de catarata (facoemulsificação com implante de lente intracular dobrável), nos dois primeiros dias de funcionamento do novo Bloco Cirúrgico da Fundação Altino Ventura - FAV, localizada no Sertão de Pernambuco, nos dias 21 e 22 de novembro. Este representa um marco na descentralização da assistência oftalmológica especial da Região Metropolitana do Recife para o interior do Estado, atendendo sobretudo, os usuários do Sistema Único de Saúde - SUS.

 

Bem-sucedidas, as cirurgias consideradas de maior complexidade ocorreram conforme o previsto, sem nenhuma intercorrência. Os pacientes tiveram alta logo após o procedimento e já saíram enxergando melhor. As operações foram realizadas pelos médicos oftalmologistas, especialistas em catarata, Dr. Tiago Cavalcanti de Carvalho e Dr. Felipe Emery e contou com o suporte de uma equipe composta por 15  profissionais de saúde.  A primeira paciente operada foi Clementina Inácio de Oliveira, 57 anos. De poucas palavras, ela relatou que se queixava de uma visão debilitada e via tudo com dificuldade. "Quando a cirurgia acabou, pude ver tudo limpo. Foi um privilégio ser a primeira no meio de tantas pessoas. Uma bênção divina que veio para nós. Agradeço a Deus primeiramente e a toda equipe ", disse a aposentada.

 



Já o segundo a ser operado foi o primo de Dona Clementina, o Sr. João Pereira Terto, 71 anos. Ele que reside na zona rural do município, fez a cirurgia de catarata e relatou que não estava enxergando quase nada. Via como se tivessem grãos de areia dentro dos seus olhos. "Eu sou do sítio e tinha uma dificuldade muito grande para fazer esse procedimento. Me operar aqui foi receber um presente de Deus. Eu não era nada, até para escrever meu nome era um sacrifício. Hoje eu posso escrever, ver melhor as pessoas e as fotos dos meus familiares. Estou muito feliz. Estou enxergando. Eu estou enxergando!!", exultou João.

 



As intervenções transcorreram com sucesso. O Dr. Tiago Cavalcanti, celebrou a realização das primeiras cirurgias e revelou que desde a assinatura para a construção do bloco, já aguardava ansiosamente o início das atividades. "Como serra-talhadense e médico da FAV desde 2015, conheço de perto os desafios enfrentados por aqueles que buscam esse tipo de tratamento de saúde, especialmente daqueles que realizam o percurso até o Recife. A jornada é, inegavelmente desgastante e árdua para os residentes do interior, confrontados com essa necessidade de deslocamento. Muitas vezes, não há nenhum conhecido e são necessárias várias viagens para consultas e exames até chegar o dia da cirurgia e isso intensifica ainda mais a complexidade do processo. Poder realizar procedimentos oftalmológicos de média e alta complexidade no município é um divisor de águas, que vai encurtar distâncias e removerá barreiras de acesso à saúde ocular de qualidade", ressaltou.

 

“Estou muito orgulhoso e satisfeito de participar desta história que está sendo construída na oftalmologia de Serra Talhada", expôs Emanuel Marcelo, Coordenador de Enfermagem do Bloco Cirúrgico unidade Serra Talhada. "É muito gratificante fazer parte dessa equipe que sempre faz o melhor no suporte cirúrgico para que cada procedimento seja um sucesso! Começamos a girar essa grande engrenagem que abrangerá a terceira macro região do Estado de Pernambuco, e conseguirá, sem dúvidas, atender a toda essa comunidade que necessita de assistência oftalmológica”, complementou.

 



O Dr. Felipe Emily, externou o sentimento de honra e orgulho em fazer parte dessa história e desse marco na saúde ocular do Sertão de Pernambuco. "Reabilitamos mais de 40 visões de pacientes em sua cidade. Eles fizeram os pós-operatórios aqui, junto com seus familiares, facilitando a recuperação. A partir de agora, vamos realizar cada vez mais cirurgias nos pacientes mais idosos, cadeirantes e acamados que não tinham essa oportunidade e ficavam cegos, e a cegueira é irreversível. Mas graças à cirurgia de catarata, vamos dar tratamento e condições a essas pessoas de poderem recuperar as suas visões em sua “casa”. Isso é uma coisa histórica", argumentou Felipe.





Lisbeth Rosa, Secretária de Saúde do município de Serra Talhada, compartilhou sua emoção ao testemunhar a entrada dos pacientes no bloco. "Estou sem palavras para expressar a felicidade de estar aqui, vendo os pacientes que tem dificuldade de enxergar e os que já não enxergavam bem, agora, terão de volta toda a sua visão. Isso é fantástico! Agradeço a Fundação e a Prefeita Márcia Conrado que sempre estão cuidando das pessoas", disse.

 

O centro especializado em oftalmologia da FAV em Serra Talhada conta com duas salas cirúrgicas e passou a funcionar, neste primeiro momento, com 50% de sua capacidade. Em janeiro, o equipamento vai efetuar 400 procedimentos por mês, atingindo sua  capacidade máxima, com outras intervenções previstas, como a cirurgia de retina, pterígio, córnea, plástica ocular, entre outras.

 



Inicialmente, o bloco oferta cirurgias de catarata, um dos procedimentos mais reabilitantes que existem na medicina. Estão planejadas 80 cirurgias até o final de novembro. Serão realizados 20 procedimentos por dia, com início por volta das 8h. A estrutura moderna e devidamente equipada, conta com uma equipe especializada composta por 02 cirurgiões, anestesista, instrumentadores cirúrgicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, técnicos em esterilização, auxiliares de serviços gerais e uma série de profissionais para garantir que tudo funcione de maneira excelente.


Editor-Chefe: Phelipe Cavalcante

Redação: Weriston Rodrigues

Fotografia: Cristiana Dias


Abaixo, confira a galeria de imagens dos dois dias de cirurgias na Unidade de Serra Talhada.




Σχόλια


bottom of page